Radiofrequência microagulhada

A radiofrequência microagulhada utiliza várias microagulhas banhadas a ouro que ultrapassam a epiderme, emitindo ondas de radiofrequência nas camadas mais profundas da pele, sem afetar sua superfície. O objetivo é estimular a produção de colágeno, elastina e ácido hialurônico. Como as agulhas deixam microlesões na pele, é possível potencializar alguns tratamentos com a aplicação de medicamentos diretamente no local tratado (drug delivery).

Principais indicações 

O tratamento pode ser indicado para tratar flacidez na face, linhas finas, cicatrizes, fotoenvelhecimento, poros dilatados, estrias e calvície, além de melhorar a textura da pele. O procedimento não deve ser realizado por gestantes, pessoas com melasma, com lesão ativa de herpes labial ou de pele negra.

Resultados esperados 

A pele pode ficar vermelha e inchada nos primeiros dois ou três dias após o tratamento. Os resultados podem ser vistos na primeira sessão, mas recomenda-se de três a seis, com intervalos de um mês entre elas, para que os melhores efeitos sejam atingidos. O resultado final é esperado depois de quatro a seis meses de tratamento.

compartilhar:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email